12/12/2016

Alcides Neves - Tempo de Fratura (1979)

Primeiro álbum de Alcides Neves, lançado independentemente, em 1979. O disco impressiona pela ousadia e pelo experimentalismo, aproximando-se, ao mesmo tempo, da herança tropicalista, no que ela deixou de mais arrojado, da então efervescente Vanguarda Paulista e, sobretudo, dos trabalhos da genial geração de compositores nordestinos - Zé Ramalho, Alceu Valença, Ednardo, Fagner e outros tantos - que se lançaram em escala nacional na década de 70, tendo sido recebido com entusiasmo pela crítica. 

Alcides, cearense de nascimento, criado na Paraíba e radicado em São Paulo, é psiquiatra, compositor e instrumentista, tendo posteriormente lançado dois outros álbuns - "Destrambelhar ou Não", em 1983, e "Dr. Louk’Américas", em 2008 - formando uma espécie de trilogia, que não deixa de dialogar com a sua área de atuação médica, ao propor um exercício musical e poético de questionamento e alargamento das fronteiras do "normal". 

Nas palavras do próprio, constantes na contracapa do vinil: "se algum mérito tiver esse LP, é o de se achar inteiro na sua deformidade, tendo sido totalmente planejado sem interferências externas".  (Texto retirado integralmente do canal Pimalves)
capa

Faixas do disco:
01 Tempo de fratura
02 Desencontro das águas
03 Lampião
04 Hibernante in tempore
05 Tango
06 Banquete na casa de pedra
07 O trem
08 Urubuzalê
09 Aventuras de um luso-tropical
10 Los invasores
11 Desen (fado)


Disco completo no youtube: