04/08/2015

Jorge Ben Jor - A Tábua Da Esmeralda (1974)



A Tábua de Esmeralda é o décimo primeiro álbum de estúdio do cantor brasileiro Jorge Ben. Foi lançado em LP em 1974.

Jorge já tinha em mente o que desejava produzir: queria algo mais filosófico, que estivesse de acordo com as suas convicções pessoais. Chegou na gravadora Philips Records (depois tornou-se Polygram) com essa intenção. “Quero fazer um disco sobre os alquimistas, sobre Hermes Trismegisto e a tábua de esmeraldas, Paracelso e a agricultura celeste.  

O álbum é considerado como o principal da carreira de Jorge Ben, abrindo a sua fase chamada de "alquimia musical" e um dos principais discos da música popular brasileira, tendo sido eleito em lista divulgada pela revista Rolling Stone Brasil, o sexto melhor disco da música brasileira de todos os tempos. O crítico Philip Jandovský, do Allmusic, elogiou especialmente as melodias do álbum que conseguem soar naturais ao mesmo tempo em que nunca são previsíveis ou banais.

O Blog Escuta Essa! fez um texto com explicações que demonstram toda a alquimia presente nas músicas do disco, vamos lá:

  • Os alquimistas estão chegando” : frase que é entoada por boa parte da música, seguida por qualificações dos alquimistas (discretos, silenciosos, pacientes, assíduos, perseverantes) e sobre a técnica de trabalho deles (Trazem consigo, cadinhos / Vasos de vidro / Potes de louça). Pura poesia.
  • O homem da gravata florida”: talvez ninguém saiba, mas este homem existiu, e foi Paracelso. Médico e teórico da época, ele é conhecido como um dos grandes alquimistas. Segundo relatos, era comum Paracelso visitar os pacientes com uma echarpe colorida. Jorge Ben imaginou a echarpe, a gravata colorida, e viajou. Deu detalhes descritivos que só uma imaginação fértil poderia produzir. E nos fez entrar nessa brincadeira de ver o homem e a gravata florida também.
  • “Hermes Trismegisto e Sua Celeste Tábua de Esmeralda”: a própria letra da música vai explicando ao ouvinte o significado da música. Hermes é considerado o fundador da alquimia, a tábua de esmeralda é o texto de princípio de tudo isso, inclusive desta obra artística de um carioca do século XX. “O sol é seu pai, a lua é a mãe / O vento o trouxe em seu ventre / A terra é seu nutriz e receptáculo”. (Veja o restante no Escuta Essa!: Escuta Essa! - A Tábua da Esmeralda)

Faixas do Álbum:
01. Os Alquimistas Estão Chegando Os Alquimistas
02. O Homem da Gravata Florida
03. Errare Humanum Est
04. Menina Mulher da Pele Preta
05. Eu Vou Torcer
06. Magnólia
07. Minha Teimosia, Uma Arma pra te Conquistar
08. Zumbi
09. Brother
10. O Namorado da Viúva
11. Hermes Trismegisto e sua Celeste Tábua de Esmeralda (Tratado Hermético Escrito pelo Faraó Egípicio Hermes Trimegisto e Traduzido por Fulcanelli)
12. Cinco Minutos (5 minutos)



Vídeo do youtube com o álbum completo: